Há um motivo para o preço médio da gasolina estar R$ 0,21 mais barato em Goiânia

Levantamento da ANP mostra que o litro na capital goiana está custando, em média, R$ 7,629

Emilly Viana -
Abastecer com gasolina ou álcool: Qual é mais vantajoso?
Preços tiveram queda na Grande Goiânia. (Foto: Reprodução/Licence Soluções)

O preço médio da gasolina comum em Goiânia teve queda de R$ 0,21 na última semana. Segundo pesquisa da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), o valor passou de R$ 7,629 por litro, registrado na semana anterior, para R$ 7,416 entre os dias 29 de maio e 4 de junho.

Para o presidente do Sindicato do Comércio Varejista de Derivados de Petróleo no Estado de Goiás (Sindiposto), Márcio Andrade, a variação pode ser justificada por uma queda no preço do etanol neste período, que compõe 27% da gasolina, por aumento na oferta do produto devido ao período de safra.

O representante da categoria diz, ainda, que uma disparidade no mercado pode afetar os resultados do estudo da ANP. “É que muitos postos fazem promoções e isso causa oscilações nos preços”, acrescenta.

Conforme dados coletados nesta terça-feira (07) no aplicativo EON, da Secretaria Estadual de Economia, o litro mais caro da gasolina na capital foi encontrado por R$ 7,890 em um posto no Setor Sul. Já o menor valor foi de R$ 6,990 no setor Leste Vila Nova, região Central da cidade.

ICMS em pauta

O presidente Jair Bolsonaro (PL) propôs nesta segunda-feira (06) que o Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) seja zerado para os combustíveis.

A ideia, considerada positiva pelo presidente do Sindiposto, seria fazer um projeto de emenda à Constituição autorizando a União da ressarcir os estados.

“Toda redução de imposto é muito bem-vinda por qualquer segmento comercial, empresarial e também no combustível, ainda mais devido à essencialidade do produto. E abaixando esse preço, você vai impulsionar todos os setores da economia”, avalia Márcio Andrade.

Com a aprovação da PEC no Congresso, o Sindicato já projeta o valor da diminuição. “O imposto no diesel hoje, por exemplo, está aproximadamente R$ 0,80 por litro em Goiás. Então a nossa expectativa é que a diferença seja repassada ao consumidor na mesma proporção no atacado”, prevê.

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.

PublicidadePublicidade