Chegada do inverno em Anápolis pode não ser do jeito que a maioria gosta

Estação, que normalmente representa baixas temperaturas, já é até motivo de preocupação para autoridades

Lucas Tavares -
Previsão é de calor e baixa umidade em Anápolis. (Foto: Reprodução)

O Inverno começa oficialmente nesta terça-feira (21), exatamente às 6h14, no horário de Brasília. Como de praxe, em Anápolis, a estação deverá ser marcada pelo tempo seco, baixa umidade do ar e ausência de frio intenso.

De acordo com o informativo do Centro de Informações Meteorológicas e Hidrológicas do Estado de Goiás (Cimehgo), os próximos três meses também deverão ter pouquíssimas chuvas.

Os próximos dias, segundo a previsão do tempo do instituto, devem continuar com clima ameno pela manhã, na faixa dos 14º C, com aumento durante a tarde, chegando até 27º C.

“Podemos ter outras entradas de frente fria ainda no mês de julho. Agora nos meses de agosto e setembro já há uma dificuldade porque são os meses mais quentes que nós temos por aqui, as temperaturas sobem muito”, explicou o gerente do Cimehgo, André Amorim.

“Pode ocorrer [frio], por conta do La Niña, que favorece a entrada de massa de ar polar. Mas não é esperado aquele frio de maio. Aquela ficou gravado na história, as outras seriam de menor intensidade”, disse ao Portal 6.

Na cidade, assim como em todo o estado de Goiás, são esperados os nevoeiros, também conhecidos como “neblina”, o que deve dificultar a visibilidade principalmente no período da manhã.

Já entre agosto e setembro as névoas, que consistem em uma massa de ar misturada com a poluição, se tornam mais comuns. Além das queimadas que aumentam consideravelmente por conta do tempo seco.

Prevenção

As queimadas são uma das principais preocupações dos goianos, o que deixa a Secretaria de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (SEMAD) em alerta.

Por conta do risco de grandes incêndios, a pasta preparou um esquema de prevenção, em que, através de satélites e geotecnologia, é possível identificar focos de até 3m².

As informações serão compartilhadas com as Defesas Civis Municipais e Estadual, Corpo de Bombeiros Militar do Estado de Goiás e Secretarias de Meio Ambiente dos municípios.

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.

PublicidadePublicidade