“Golpista do Tinder” que deixou jovem de Goiânia com depressão também fez outras vítimas

Além da capital, homem tem passagens em outros municípios do estado e já foi denunciado pelo MPGO

Aglys Nadielle -
Eduardo Thomas Nunes (Foto: Reprodução)

A jovem de Goiânia que perdeu alta quantia em dinheiro após confiar em ex-namorado não foi a única vítima de Eduardo Thomas Nunes, conhecido por “Golpista do Tinder”. O Portal 6 apurou que o homem de 33 anos possui outras denúncias em Goiás desde 2019.

Nos municípios de Uruaçu e Porangatu, pessoas, com histórias parecidas, afirmam terem sido vítimas de um suposto crime de estelionato, por parte de Eduardo.

Um homem relatou que a esposa dele havia comprado um celular de alto valor, mas que acabou não conseguindo utilizar o aparelho por estar com problemas técnicos. A testemunha decidiu entrar em contato com o possível golpista, para resolver a situação e acabou recebendo ameaças.

Outras duas vítimas afirmaram ter realizado uma compra de celulares via internet, com Eduardo, mas uma delas não chegou a receber o aparelho e a outra recebeu o item bloqueado.

O Portal 6 não conseguiu contato com a defesa do suspeito até a publicação desta matéria. O espaço está aberto para manifestações.

Golpe no Tinder

Uma moça relatou ter conhecido o homem através do aplicativo de relacionamentos, Tinder em 2021. Os dois mantiveram o relacionamento por cerca de 02 meses.

Lidiane Maia, de 26 anos, compartilhou a história através do TikTok. Na publicação que ultrapassou mais 02 milhões de visualizações, ela afirma que o ex-companheiro teria roubado R$ 25 mil reais e em seguida a bloqueado em todas as redes sociais.

@lidianegomesdasilva20♬ Only Love Can Hurt Like This (Slowed Down Version) – Paloma Faith

O que aconteceu foi que Eduardo fez uma proposta de negócio para ela. O homem disse que iria comprar celulares da marca Apple nos Estados Unidos e revender no Brasil. Acreditando na ideia, a jovem vendeu o carro da mãe e entregou a ele parte do valor.

Percebendo que havia caído em um possível golpe, a moça fez diversas cobranças, tentando receber de volta o dinheiro que perdeu, mas recebeu apenas ameaças. “Eu vou fazer questão de matar você. (…). Vou dar um murro na sua cara”, escreveu o suspeito em mensagens para ela.

Para Lidiane, a situação não rendeu apenas dores de cabeça e perda financeira. Após o acontecido, a jovem foi diagnosticada com depressão e ansiedade necessitando de acompanhamento médico.

Em abril deste ano, Eduardo Nunes foi denunciado pelo Ministério Público de Goiás (MPGO) e se tornou réu por estelionato e ameaça. A Polícia Civil (PC) já tentou o intimar para prestar depoimento, mas não obteve sucesso.

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.

PublicidadePublicidade