Toalhas de Lula e Bolsonaro tomam conta de Anápolis, mas vendas não emplacam

Comerciantes relatam que há pouco movimento e muitas críticas aos principais pré-candidatos

Lucas Tavares -
Toalhas de Lula e Bolsonaro, na Avenida Universitária, em Anápolis. (Foto: Lucas Tavares)

A cem dias das eleições presidenciais, o clima que marca o período de disputa começa a tomar conta de diversas cidades Brasil a fora. Em Anápolis não é diferente, as paisagens já começam a ganhar o contraste das cores de cada partido.

Nos carros já é possível visualizar adesivos de diversos candidatos, não só ao Palácio do Planalto, mas também para os cargos legislativos e governador.

Porém, o que vem mesmo chamando a atenção são as famosas toalhas do ex-presidente Lula e de Jair Bolsonaro, que tenta a reeleição.

Dona de uma banca na Avenida Xavier de Almeida, próximo da Praça do Avião, há mais de sete anos, Gilçara dos Santos afirmou que os anapolinos têm preferido um dos candidatos.

“As vendas são fracas, mas sempre sai. Aqui está vendendo mais a do Lula. As pessoas sempre comentam, [quando vem comprar], xingam, fazem tudo. Tanto de um lado como do outro. O dia todinho escutando piada aqui”, disse ao Portal 6.

Segundo ela, os comentários nem sempre são agradáveis de ouvir. “Falam muito palavrão, não vou falar não. Ladrão de um lado, ladrão do outro e assim vai”, acrescentou dando risadas.

Toalhas de Lula e Bolsonaro, na Avenida Xavier de Almeida, em Anápolis. (Foto: Lucas Tavares)

Por conta do movimento ainda ser baixo, Gilçara torce para que, com as eleições se aproximando, as vendas aumentem junto.

“Nos próximos meses com certeza vende mais. Quem é fanático sempre compra o seu favorito”, completou.
Em outro ponto estratégico da cidade, na Avenida Universitária, um senhor, que não quis se identificar, concordou com a colega de profissão.

“Está vendendo mal. Não só as toalhas, mas todos os produtos”, lamentou.

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.