O apelo de um pai que perdeu o emprego e não queria que as filhas ficassem sem luz em casa

Bilhete deixado no padrão tocou o coração do funcionário da empresa de energia, que resolveu ajudá-lo

Gabriella Pinheiro -
(Foto: Reprodução/ Facebook)

Uma carta colocada no relógio de energia elétrica da própria casa foi a forma que um pai, morador da cidade de San Luiz, na Argentina, encontrou para demonstrar a situação delicada vivenciada por ele.

Desempregado, o rapaz decidiu escrever um bilhete afirmando que estava passando por dificuldades e, por isso, não conseguiu pagar a conta de luz.

“Por favor, não corte minha energia. Perdi meu emprego, estou sozinho com minhas duas filhas. Assim que puder, pagarei a eletricidade. Por favor e obrigado”, escreveu.

O pedido foi encontrado pelo funcionário da empresa de energia, Xavier Rubilar, de 26 anos, que é o responsável por cuidar e mediar os relógios das casas.

Ao ler a carta escrita pelo homem, o jovem se emocionou com o conteúdo e, para ajudar, decidiu compartilhar uma foto do bilhete no WhatsApp e no Facebook.

“Ele devia várias contas de luz. Além disso, ele tinha um plano de pagamento. Tudo isso somado à cobrança por atraso no pagamento, impostos municipais e consumo corrente, o número era muito alto. A isso devemos acrescentar que não há gás na área e eles dependem de eletricidade”, contou em uma entrevista.

Por meio da divulgação do caso, o empregado conseguiu reunir mais de R$ 2 mil reais, dinheiro suficiente para que o rapaz conseguisse pagar as contas e até comprasse materiais escolares para as filhas.

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.

PublicidadePublicidade