Política de Covid zero pode durar 5 anos em Pequim, diz autoridade chinesa

Maioria dos comentaristas não parecia surpresa com a perspectiva de o sistema continuar por mais meia década, mas poucos apoiaram a ideia

Folhapress -
Por quantas vezes é seguro reutilizar a máscara N95? Veja a resposta
Uso de máscara (Foto: Pixabay)

A severa política de Covid zero da China, com testagem em massa obrigatória e restrições a viagens, pode se estender pelos próximos cinco anos em Pequim, de acordo com um aviso publicado nesta segunda-feira (27) em diversos meios de comunicação local controlados pelo governo do país.

“Nos próximos cinco anos, Pequim compreenderá incessantemente a normalização da prevenção e controle da epidemia”, dizia a notícia, atribuída a Cai Qi, secretário do Partido Comunista em Pequim.

Nas redes sociais, o anúncio provocou raiva e confusão entre os moradores da cidade. A maioria dos comentaristas não parecia surpresa com a perspectiva de o sistema continuar por mais meia década, mas poucos apoiaram a ideia. Depois de a notícia ter se espalhado, a referência a “cinco anos” foi removida das reportagens e uma hashtag relacionada excluída da rede social Weibo.

Sob a mão de ferro do líder Xi Jinping, as autoridades chinesas têm mantido o país na política de Covid zero, apesar de o resto do mundo ter optado pelo caminho da coexistência ou mitigação da doença. Xi ordenou que os oficiais em Pequim equilibrem a estrita vigilância da Covid com o crescimento econômico, já que as medidas de restrição incomodam os moradores.

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.

PublicidadePublicidade