O adeus a Jayda Bueno, médica encontrada morta no banheiro de hospital em Pirenópolis

Profissional tinha 26 anos e a causa do óbito está sendo investigada pela Polícia Civil

Pedro Hara -
Médica foi encontrada por colegas no hospital onde trabalhava. (Foto: Reprodução/Redes Sociais)

A morte da médica Jayda Bueno, de 26 anos, ocorrida no último sábado (25), provocou comoção nas redes sociais.

Diversas pessoas utilizaram as últimas fotos para homenagear pela última vez a profissional de saúde, que foi encontrada caída no banheiro do Hospital Estadual Ernestina Lopes Jaime (HEELJ), em Pirenópolis.

A investigação do caso está sendo realizada pela Polícia Civil (PC). De acordo com informações colhidas pela Delegacia de Pirenópolis, ela foi encontrada pelos colegas instantes antes do plantão que deveria assumir.

Um frasco de Midazolan, medicamento utilizado para a indução rápida do sono foi encontrado ao lado do corpo da vítima, mas ainda não se sabe se o remédio foi o responsável pelo óbito.

As causas da morte só serão esclarecidas após a realização da perícia do corpo e do local onde Jayda foi encontrada.

“Na semana que vem deve sair o laudo cadavérico e depois o do local do crime. Só assim teremos condições de avaliar com mais precisão o que aconteceu ali”, explicou o delegado Tibério Cardoso, ao O Popular.

Confira alguma das reações dos internautas nas redes sociais:

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.

PublicidadePublicidade