Soldado abandona PM de Goiás após tragédia pessoal e descobrir hobby que rende 10 vezes mais por mês

Após 04 anos e 09 meses que permaneceu na corporação, ele se despede afirmando ter o sentimento de dever cumprido

Yago Sales -
Flávio Costa dá dicas de como investir e vende cursos online de como escalar na pirâmide social. (Foto: Reprodução)

Flávio Costa tinha 22 anos quando passou no concorrido concurso da Polícia Militar do Estado de Goiás (PMGO). Conquistava o sonho de infância de colocar atrás das grades criminosos. Agora, no Instagram, dá dicas de como investir e vende cursos online de como escalar na pirâmide social.

Aos 27 anos, respeitado na corporação, principalmente no 8° Batalhão, em Aparecida, deixou o comandante impressionado quando avisou que vai deixar a farda e investir o tempo com empreendedorismo.

A decisão do policial que fez o último plantão em uma viatura no final de semana vem carregada de argumentos. Não conseguia conciliar a atividade policial com o novo hobby, que lhe oferece uma renda 10 vezes maior do que o cargo de soldado proporciona: cerca de R$ 5.500.

No currículo, colocou toda espécie de criminoso atrás das grade: do bêbado briguento em alguma distribuidora a bandidos com ficha criminal extensa.

Em 2020, o soldado intensificou a aprendizagem para entender como venderia suficientemente para garantir uma renda mais satisfatória. Foi quando conheceu o mercado chamado Dropshipping, que nada mais é do que a intermediação de uma venda. “Criei meu site na internet, coloquei produtos que eu não tinha em estoque, mas que estavam em alta no mercado, vendi esses produtos e mandei o pedido deles para os fornecedores chineses”. E, por esse intermédio, os produtos iam diretamente à casa do consumidor final.

Naquele mesmo ano, uma tragédia pessoal quase impediu a vontade que o jovem policial tinha de sair da zona de conforto. A filhinha dele, Nicolly, de apenas 04 anos, morreu em um acidente de carro durante uma viagem.

Ainda se recuperando do luto, ele revezava-se nas atividades. “Estudei sobre as plataformas de hospedagem de produtos físicos e digitais, Hotmart, Monetize, Edduz, Ticto e Braip, me afiliei a alguns produtos e fiz um tráfego pago em cima dos produtos mais procurados”. Com isso, “pescou” clientes pelos anúncios pelo Google Ads, Facebook Ads e TikTok Ads.

“Quando a pessoa clicou no link para comprar, eu efetivei a venda de um produto que não é meu, mas que eu divulguei o link”, contou à seção Rápidas.

Sobre os 04 anos e 09 meses que permaneceu na PMGO, ele se despede em tom de dever cumprido. “Já sinto saudades, mas, o que é a vida além da saudade? Saudade dos que já se foram, saudades da época da escola, saudades da infância. A única certeza que tenho é que foi uma experiência inenarrável”, diz ele, antes de deixar um recado: “Desejo vida eterna à instituição e vida longa a seus servidores”.

 

Ver esta publicação no Instagram

 

Uma publicação partilhada por Flávio Costa (@eu.flaviocosta)

EM CASA

O auditor-fiscal da Receita e ex-deputado estadual, Lívio Luciano, visitou o Sindifisco-GO na manhã desta segunda (04). Ele, que recentemente deixou a Assessoria Especial do governador Ronaldo Caiado (UB), foi recepcionado pelo presidente da entidade sindical, Paulo Sérgio Carmo.

SÉRIE DE ENTREVISTAS

Ainda sem uma chapa consolidada, o senador Luiz do Carmo (PSC) não arreda o pé e quer ser reeleito. Dando continuidade à sabatina promovida pelo Portal 6, Do Carmo será o entrevistado no estúdio da redação em Goiânia a partir das 14h30 no canal do Youtube e nas redes sociais do site.

CONVENCIONALIDADE

A primeira-dama de Aparecida, Sulnara Santana, assume nesta terça-feira (05) às 17h, a Secretaria Municipal de Assistência Social. A pasta era anteriormente ocupada por Mayara Mendanha, esposa de Gustavo Mendanha, que deixou a prefeitura para concorrer ao Governo.

NOTA DEZ

Para a vereadora Aava Santiago (PSDB) que, com gosto musical eclético, lembrou-se da canção “Pedaço de mim”, Chico Buarque, para homenagear o filho do governador Ronaldo Caiado (UB) e da professora Thelma Gomes, Ronaldo Caiado Filho, que morreu aos 40 anos no domingo. A música diz:

“Que a saudade é o revés de um parto
A saudade é arrumar o quarto
Do filho que já morreu”.

NOTA ZERO

Para a morosidade da Justiça brasileira com o julgamento, recentemente adiado, dos homens envolvidos no assassinato do cronista esportivo Valério Luiz, entre eles o cartola e ex-cartorário Maurício Sampaio. O crime completa 10 anos nesta terça.

Siga a Rápidas no Twitter e fique por dentro de todas as novidades!

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.