Com o intestino preso, homem vai ao hospital e médicos fazem descoberta surpreendente

Paciente demorou a procurar ajuda com medo da reação da esposa

Gabriella Licia -
Homem precisou ser operado com urgência após médicos descobrirem algo atípico. (Foto: Reprodução)

Um homem iraniano precisou procurar um hospital com urgência após sentir fortes dores no intestino e queixa de prisão de ventre. A situação ficou tensa quando os médicos descobriram a causa do problema.

O caso foi divulgado na última quinta-feira (14), pela revista Clinical Case Reports, e, de acordo com as informações, o paciente teria adiado por muito tempo à procura de um profissional da saúde.

Isso porque o homem estava com uma garrafa de plástico, de 250 ml, presa entre o reto e o cólon, pressionando totalmente o intestino e afetando o sistema digestivo.

Quando o iraniano foi submetido à tomografia, ainda sem confessar sobre o objeto, os médicos identificaram a garrafa e informaram que ele poderia estar sofrendo complicações e sangramentos.

“Por causa do constrangimento e do medo da esposa, ele não forneceu o histórico que havia acontecido para explicar a presença do objeto”, explicou um médico do Hospital Imam Khomeini.

Foi necessário iniciar um procedimento cirúrgico de emergência. No entanto, felizmente, o plástico pôde ser retirado sem maiores danos à saúde do paciente.

A garrafa continha 19 cm e foi inserida no ânus pelo fundo, já que ele, provavelmente, ansiava retirá-la pela tampa – o que, nitidamente, deu bastante errado.

Os profissionais da área explicaram a alta frequência de casos como esse e detalharam que, na maioria dos casos, os pacientes vítimas dos incidentes se machucam em busca de satisfação erótica e sexual. 

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.

PublicidadePublicidade