Mais um preso é assassinado na CPP de Aparecida de Goiânia

Episódio acontece um dia após três outros detentos serem assassinados no local

Yago Sales -
Casa de Prisão Provisória de Aparecida de Goiânia (Foto: Reprodução)

Atualizada às 22h01 com nota da DGAP

Mais um dos presos que cumprem pena na Casa de Prisão Provisória (CPP), no Complexo Prisional de Aparecida, foi encontrado morto em uma das celas.

Ainda não há detalhes sobre o que teria ocorrido. Conforme fontes ouvidas pela Seção Rápidas, o clima é de tensão no local.

Como publicado anteriormente com exclusividade pelo Portal 6, na terça-feira (26), três presos já haviam sido mortos na mesma CPP.

Paulo Cesar Pereira dos Santos, Hyago Alves da Silva e Matheus Junior Costa da Silva teriam sido mortos por colegas de celas.

Após a publicação desta nota, a Diretoria-Geral de Administração Penitenciária (DGAP) enviou nota à redação com a seguinte mensagem.

1ª Coordenação Regional Prisional da Diretoria-Geral de Administração Penitenciária informa:

– Estão sendo tomadas as devidas providências em relação à morte de um custodiado da Casa de Prisão Provisória (CPP), no Complexo Prisional de Aparecida de Goiânia. O preso foi retirado da cela, no Bloco 3, Ala B, após ação dos policiais penais, que interviram em um tumultuo que ocorria, onde, supostamente, o preso socorrido fora agredido pelos colegas de cela;
– O preso foi socorrido e encaminhado ao Posto de Saúde da Unidade para ao atendimentos necessários. O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionado e ao chegar à CPP, constatou e atestou o óbito do preso;
-Procedimentos administrativos internos foram abertos para apuração do fato e circunstâncias do ocorrido. Os primeiros apontamentos dão conta que, durante tumulto entre presos da mesma cela, o preso foi agredido por seus companheiros;
– A ordem e disciplina dentro da unidade fora restabelecida.

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.

PublicidadePublicidade