Foram necessários disparos de arma de fogo para conter detento perigoso na CPP, em Aparecida de Goiânia

Intervenção necessária foi feita por agentes penais que estavam no local e conseguiram evitar mais uma morte

Aglys Nadielle -
Casa de Prisão Provisória de Aparecida de Goiânia (Foto: Reprodução)

Uma ação rápida evitou mais uma morte na Casa de Prisão Provisória (CPP), em Aparecida de Goiânia, na madrugada desta quarta-feira (03).

Segundo a Diretoria Geral de Administração Penitenciária (DGAP), o homem foi encontrado com uma faca caseira, dando golpes no outro detento.

Mesmo quando os agentes prisionais chegaram e ordenaram que a agressão parasse, a agressão não se encerrou. A briga só foi impedida por disparos de armas de fogo por parte dos policiais penais.

Os dois foram encaminhados o posto de saúde da CPP e, em seguida, para a Central de Flagrantes de Aparecida de Goiânia.

Desde a última semana, a penitenciária registrou quatro mortes, o que levou à transferência de presos para unidades de segurança máxima. Também houve duas da unidade prisional.

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.

PublicidadePublicidade