Homem finge ser advogado e é preso ao tentar visitar filho em presídio de Rio Verde

Falso advogado é velho conhecido da polícia e já possui passagem no sistema penitenciário goiano

Karina Ribeiro -
Fachada da Casa de Prisão Provisória de Rio Verde. (Foto: Divulgação/MPGO)

Um homem, de 56 anos, foi preso na quarta-feira (03), ao tentar se passar por advogado e entrar na Casa de Prisão Provisória (CPP), de Rio Verde, Sudoeste do Estado.

O intuito era ter acesso ao filho, que cumpre pena relacionada  à violência doméstica.

Segundo a direção do presídio, o homem chegou acompanhado de um senhor, de 67 anos, alegando que ambos exerciam a advocacia.

Entretanto, no momento de apresentar a documentação, somente o mais velho possuía documento legítimo da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB).

Conforme o diretor do presídio, Rogério Dias, o falso advogado já possui passagem no sistema penitenciário goiano. “Já cumpriu pena em 2007 por estelionato, um velho conhecido da Polícia Penal. Ele queria usar a expertise para burlar o sistema e praticar novos atos ilícitos”, destacou.

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.

PublicidadePublicidade