Goiás altera estatuto e aprova modelo que é tendência entre clubes brasileiros

Clube será administrado seguindo modelo empresarial e com membros remunerados e não remunerados

Pedro Hara Pedro Hara -
Imagem mostra torcida do Goiás no estádio. (Foto: Reprodução)

Com 197 votos favoráveis e 71 contrários, conselheiros do Goiás aprovaram o novo estatuto que permite transformar a equipe em Sociedade Anônima do Futebol (SAF). A assembleia foi realizada na noite da última quinta-feira (23).

A proposta também já havia recebido sinal de verde do Conselho Deliberativo do clube. Ao abrir caminho para tornar-se SAF, o Goiás segue a tendência que vem tomando conta dos times brasileiros nos últimos anos.

A principal mudança aprovada no novo estatuto é a extinção do cargo de Presidente Executivo, posto atualmente ocupado por Paulo Rogério Pinheiro.

A partir de agora o Goiás terá um Conselho de Administração, seguindo o modelo empresarial. Este grupo será formado por cinco membros. Três deles serão eleitos pelo Conselho Deliberativo e outros dois profissionais do mercado.

Apenas os dois últimos serão remunerados e estes deverão seguir regras específicas. Eles não podem ter sido sócios de clubes de futebol nos últimos cinco anos e nem ter parentesco com o presidente e o vice do clube.

“Essas mudanças representam um passo importante na modernização da gestão do Goiás Esporte Clube, nos levando para um caminho de melhores práticas de administração desportiva e promovendo uma governança mais transparente e eficaz. A inclusão de aspectos ligados à transformação em SAF também foi um grande avanço”, disse Edminho Pinheiro, presidente do Conselho Deliberativo do Goiás.

A gestão do clube ficará a cargo da Diretoria Executiva, que será composta por até cinco membros, sendo um diretor de futebol; um diretor administrativo, financeiro e operações; um diretor de patrimônio, marketing e novos negócios; e um diretor de esportes olímpicos, paralímpicos, iniciação esportiva e social.

Todos os integrantes deste grupo responderão diretamente a um CEO.

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.

PublicidadePublicidade