Governo de Goiás investe R$ 40 milhões no Daia e Codego se aproxima do setor produtivo

Investimentos e regularização fundiária estão entre as ações da gestão estadual pelo crescimento do polo e desenvolvimento do município

Publieditorial Publieditorial -
(Foto: Divulgação)

O Governo de Goiás tem garantido a expansão do Distrito Agroindustrial de Anápolis com investimento de R$ 40 milhões em obras voltadas para ampliação do abastecimento de água e tratamento de esgoto, drenagem, e melhorias na iluminação e pavimentação do polo industrial. Além disso, a Companhia de Desenvolvimento Econômico de Goiás criou o programa Codego + Daia, que tem estreitado a relação entre o Governo estadual e o setor produtivo anapolino.

Buscando melhorar a infraestrutura do Daia, o Governo de Goiás tem destinado recursos para a melhoria do sistema de abastecimento de água (R$ 17,5 milhões); ampliação da iluminação pública (R$ 1,2 milhões); ampliação do tratamento de esgoto (R$ 7 milhões); pavimentação, drenagem e saneamento básico do Daia Norte (R$ 12,4 milhões).

Ao comentar as ações realizadas no Daia, o governador Ronaldo Caiado disse que o apoio às indústrias é fundamental. “Precisamos potencializar a capacidade dos empresários. São eles que conseguem fazer a transformação do estado, ampliando nossas fronteiras, levando desenvolvimento a Goiás”, disse.

Já a Codego, responsável pela administração dos distritos agroindustriais do estado, tem intensificado o trabalho direto com as empresas. O programa Codego + Daia leva para dentro do distrito toda a estrutura da companhia, que despacha diretamente do local. “Seguindo orientação do governador Ronaldo Caiado, implementamos o programa com a intenção de compreender melhor as dificuldades do dia a dia dos empresários e trabalhadores. Com mais agilidade, o distrito funciona de uma maneira mais dinâmica para que as empresas prosperem e que novas indústrias se interessem em investir no Daia, tornando o distrito ainda mais competitivo”, ressalta o presidente da Codego, Francisco Jr.

Nos atendimentos, as equipes esclarecem dúvidas, dão andamento aos processos abertos junto à Companhia e apresentam os potenciais do Daia para possíveis investidores em busca de área no polo. Assim, é possível discutir as demandas junto aos empresários e trabalhadores do distrito para encontrar soluções de maneira mais rápida e eficiente. Duas edições do programa já foram realizadas, que inclusive já contou com a participação da Goiás Fomento.

(Foto: Divulgação)

Outra frente de trabalho da Codego é a regularização fundiária do Daia, que tem 47 anos e ainda não está regularizado. O primeiro passo foi delimitar a extensão do Daia e atualizar os dados. O serviço foi concluído pela companhia e aprovado pela Prefeitura de Anápolis.

(Foto: Divulgação)

Agora, o trabalho avança para a delimitação das áreas de cada empresa para que seja possível atualizar a situação cadastral e promover a Regularização Fundiária Urbana. A Codego passará a atuar, então, como intermediária do processo para garantir a escrituração dos terrenos para as empresas. Para isso, a companhia tem atuado em parceria com a administração municipal e também com o cartório da cidade.

“Essa é uma demanda antiga dos empresários e o Governo de Goiás está atento e dando prioridade para a regularização do Daia. A Codego tem trabalhado muito para resolver essa questão e dar segurança jurídica ao empresariado”, explica Francisco Jr ressalvando que “a companhia não pode tomar a frente das escrituras porque as áreas já não são mais do estado, mas estamos auxiliando os empresários para agilizar o processo e a documentação junto ao cartório”.

Codego – Governo de Goiás

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.

PublicidadePublicidade
PublicidadePublicidade

+ Notícias