Hélio Lopes aposta na integração entre educação e esporte para reduzir violência em Anápolis

Ex-presidente da Apae foi o último sabatinado do Ciclo de Entrevistas, realizado pelo Portal 6 em parceria com os Estúdios Sigma

Augusto Araújo Augusto Araújo -
Hélio Lopes é pré-candidato do PSDB para prefeitura em Anápolis. (Foto: Élvis Diovany)

Nesta quinta-feira (07), Hélio Lopes, pré-candidato do PSDB à Prefeitura de Anápolis, foi o último convidado da primeira rodada do Ciclo de Entrevistas realizado pelo Portal 6 em parceria com os Estúdios Sigma.

Durante a sabatina, o ex-presidente da Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae) em Anápolis destacou que embora tenha participado da gestão de Ronaldo Caiado (UB), assumindo a presidência do Ipasgo em 2020, a escolha pela sigla de Marconi Perillo se deu por uma questão de afinidade.

Além disso, ele apontou que é contra a polarização ideológica, afirmando que os gestores públicos “têm que sempre estar pensando no povo, nas famílias, principalmente aqui em Anápolis”.

O candidato do PSDB também fez críticas à gestão do prefeito Roberto Naves (Republicanos), afirmando que ela deixou a desejar principalmente após a reeleição.

“Isso está sendo comprovado naquilo que a gente vê dentro da cidade, na área da educação, da saúde, na assistência social e infraestrutura”.

O advogado também usou o espaço da entrevista para garantir que, após a homologação das candidaturas, “o PSDB estará totalmente pacificado e marchando rumo à prefeitura municipal, com o nome de Hélio Lopes”.

Como solução para a educação, o peessedebista apresentou um projeto de abrir creches 24h em Anápolis, em pontos estratégicos, de forma a atender às demandas da população.

Além disso, Hélio – que tem uma forte ligação com o futebol – aposta na integração dos esportes com o ensino para garantir que as crianças e adolescentes possam ter um futuro longe da criminalidade.

Ele também destacou que vai estudar estratégias para que se tenha uma Tarifa Zero no transporte coletivo do município ou pelo menos uma redução do que é cobrado atualmente, de forma que a população não sofra para se locomover.

A entrevista completa pode ser conferida no canal de YouTube do Portal 6, ou clicando no link abaixo.

 

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.

PublicidadePublicidade