Homem é encontrado morto em quarto de hotel após hóspedes ouvirem gritos de socorro, em Goiânia

Suspeito diz que é bipolar, mas que faz uso correto de medicamento

Maria Luiza Valeriano Maria Luiza Valeriano -
Suspeito não ofereceu relato preciso sobre o que foi fazer no local e como conhecia a vítima (Foto: Reprodução)

O quarto de um hotel localizado no Setor Aeroporto, em Goiânia, foi palco de um crime misterioso na manhã desta terça-feira (19). Na ocasião, suspeitas surgiram depois que hóspedes ouviram barulho de um dos quartos.

O caso aconteceu no Setor Aeroporto, depois que dois homens se hospedaram. Pela manhã, às 6h15, diversos hóspedes ligaram na administração do estabelecimento relatando que alguém gritava por socorro.

Diante das denúncias, a Polícia Militar (PM) foi acionada e se dirigiu até o local, onde encontrou a vítima sobre a cama, já falecida.

Também estava presente o suspeito do crime, de 22 anos, que, questionado pelos policiais sobre qual foi a intenção ao estar no hotel, não ofereceu uma resposta direta.

Ele ainda afirmou que havia chamado a vítima até o local ao tomar ciência que ela não conhecia o hotel, apesar de supostamente tê-la conhecido um dia antes.

De acordo com o suspeito, os dois foram ao quarto para “curtir a vida” e exemplificou que se trata de ouvir MPB e rock. O jovem também disse que bebeu cerveja, mas negou o uso de drogas ilícitas. “Pode ver no meu sangue que não tem não”, apontou.

No relato, também informou que é bipolar e faz uso ‘correto’ de medicamentos para o tratamento. A Polícia Civil (PC) investiga o caso.

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.

PublicidadePublicidade