Mel Maia denuncia deepfake após suposto vídeo íntimo vazado

Pelas redes sociais, a atriz desmentiu que seja ela e afirma que se trata de uma montagem

Folhapress Folhapress -
(Foto: Reprodução)

LEONARDO VOLPATO – O nome da atriz Mel Maia, 20, virou um dos assuntos mais comentados no X após um suposto vídeo íntimo ser vazado. Nas imagens, uma mulher com o rosto semelhante ao dela aparece tendo relações sexuais com William Sousa Guedes, chefe do tráfico conhecido como Corolla, preso na última quarta-feira (3) no Jacarezinho, na zona norte do Rio de Janeiro, enquanto visitava a família.

Pelas redes sociais, a atriz desmentiu que seja ela e afirma que se trata de uma montagem. “Todo mundo sabe que aquilo é um vídeo, é de inteligência artificial, mas todo mundo insiste em dizer que é real. Vocês acham que em sã consciência eu deixaria alguém fazer um vídeo meu desse?”, começou no desabafo.
“Povo já inventou que morri, que eu bati em fotógrafo, que eu cuspi em fã, já inventaram coisas aterrorizantes sobre mim. Já fizeram até montagem minha pelada. Estou no ramo desde os 5 anos e sou obrigada a ver barbaridades sobre mim na internet. Vai ser assim até o fim da minha carreira”, emendou a atriz.

Casos de deepfakes ou deepnudes têm afetado famosas. Além de Mel, outros nomes já passaram por montagens que colocam rostos em vídeos reais, tais como Taylor Swift, Anitta e Scarlett Johansson.

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.