Portal 6

Cuidado! O monstro da inflação está voltando

O Brasil está a beira da crise. A taxa de inflação acumulada no período de 12 meses (IPCA) chegou aos 8,24%. E “os culpados são o Congresso e o governo que gastam mais do que tem”, indica o pesquisador da Universidade de Harvard e ganhador do prêmio Nobel de Economia de 2011, Thomas Sargent.

O país se depara num caminho oposto de vários outros países.

Enquanto a Zona do Euro (Europa) e vários outras nações estão com um cenário de deflação (queda da taxa de inflação), a o Brasil está com uma das taxas mais altas do mundo, sendo superadas apenas por nações com este problema “crônico” da inflação, como a Argentina; ou em conflitos, como a Rússia e a Ucrânia.

O problema da inflação acarreta vários outros, que, somados, prejudicam e desaceleram a economia.

Uma inflação alta causa:

– Desvalorização da moeda

Com a desvalorização há perca de valor da mesma, o que ocasiona reajustes constantes de preços.E o salário não acompanha estas mudanças. Sendo assim, os consumidores não conseguem adquirir o que adquiriam anteriormente;

– Alta do dólar e aumento dos preços de produtos importados

Com o Real desvalorizando outras moedas de troca como o dólar fazem o movimento inverso. E se o país é dependente de importações, os preços desses produtos importados ficam mais caros, alimentando ainda mais a alta da inflação;

– Clima econômico desfavorável

Com este cenário o país afasta investidores e é visto pelo mercado internacional de forma negativa, pois a inflação alta é um indicador de economia com problemas;

– Aumento da especulação financeira

Um clima econômico desfavorável instalado em no país atrai apenas acionistas que investem em países de inflação alta para obter uma margem de lucro com as altas taxas de juros. E isto causa uma grande entrada e saída de capital, gerando consequentemente instabilidade no mercado financeiro e aumento especulativo;

– Elevação das taxas de juros

Para segurar a escalada da inflação a “solução” recorrente sempre é aumentar as taxas de juros.

– Aumento da taxa de desemprego

Com uma taxa de inflação alta há diminuição de investimentos no setor produtivo. Sendo assim, o setor prejudicado demite para não ter prejuízos com as folhas de pagamento.

Inflação alta é um problema que atormentou durantes décadas o povo brasileiro. E agora ele está voltando com tudo, não é mesmo?

João Gabriel Resende é estudante, colunista do Portal 6 e ativista da Rede Sustentabilidade. Escreve todos os sábados.

Quer comentar?

Comentários

Comente

Nosso Facebook





Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.