Justiça determina que chapa de João Gomes retire do ar ataques a Roberto do Órion

joao-gomes1

Decisão liminar do juiz eleitoral da Zona 141 de Anápolis, Algomiro Carvalho Neto, publicada nesta terça-feira (18), determinou a suspensão dos comerciais de rádio e TV da coligação “Anápolis no Rumo Certo”, do candidato a reeleição João Gomes (PT), que atacam o candidato adversário Roberto do Órion (PTB).

Algomiro justificou a decisão reiterando que “não é possível admitir a utilização de horário eleitoral gratuito no rádio e televisão, destinado a levar ao conhecimento do eleitorado propostas de determinada candidatura, além de possibilitar que seja o candidato conhecido, para promover campanha negativa candidatura adversa”.

A medida proíbe a campanha do PT de veicular os programas impugnados “sejam em bloco ou inserções, contendo ataques pessoais e informações de cunho negativo”.

O magistrado determinou também que a TV Anhanguera e Rádio São Francisco, emissoras geradoras da propaganda eleitoral em Anápolis, forneçam no prazo de 24h a cópia dos programas de João Gomes referentes aos dias 15 e 16 de outubro.

A medida servirá para a Justiça Eleitoral analisar o pedido de direito de resposta feito pela campanha de Roberto do Órion, que também requereu a punição da chapa petista por ter colocado Antônio Gomide por um tempo superior a 25% nos comerciais veiculados pela coligação.

Para ler a decisão completa clique aqui.

Quer comentar?

Comentários

Nosso Facebook

loading...