PublicidadePublicidade

Passe Livre Estudantil vai atender 15 mil estudantes de Anápolis

Marconi garantiu que o Governo Estadual priorizará, a partir de agora, a interiorização do benefício para o restante do Estado

Carlos Henrique -

Durante a 23.ª edição do quadro “Governador Responde”, transmitido ao vivo no início da tarde desta quarta-feira (08) pelo Facebook, o governador Marconi Perillo (PSDB) anunciou a ampliação do programa Passe Livre Estudantil para o interior do Estado. Segundo ele, as primeiras cidades a serem contempladas pelo benefício serão Anápolis e Rio Verde.

“Amanhã, teremos um evento para lançar mais uma etapa do Programa Passe Livre Estudantil, aqui no Palácio, com a presença de aproximadamente 1,5 mil pessoas. Esse é mais um de nossos compromissos que fazem parte da rede de proteção social com foco de beneficiar não apenas os estudantes vulneráveis, mas todo o coletivo de estudantes do nosso Estado”, anunciou Marconi.

A minuta do Projeto de Lei que garante a interiorização do benefício será assinada pelo governador em solenidade nesta quinta-feira (09), às 11 horas, no Auditório Mauro Borges, em Goiânia, com a presença do secretário de Governo, Tayrone Di Martino, do superintendente Estadual da Juventude, Leonardo Felipe, e do prefeito de Anápolis, Roberto Naves (PTB).

PublicidadePublicidade

Pela internet, o governador lembrou que o Passe Livre Estudantil está presente em apenas seis capitais do país, sendo Goiânia uma delas. E garantiu que o Governo Estadual priorizará, a partir de agora, a interiorização do benefício para o restante do Estado.

“A nossa primeira preocupação era garantir esse benefício e cumprir esse compromisso para os estudantes da Região Metropolitana de Goiânia, que é a região mais densamente povoada do Estado. Agora, nós temos o plano de começar a estender o benefício ao interior, especialmente para as maiores cidades”, disse.

Atualmente, o Passe Livre Estudantil já atende mais de 60 mil estudantes, independentemente de estarem matriculados em escolas ou universidades públicas ou privadas. Podem obter o benefício estudantes que estejam regularmente matriculados em uma Instituição de Ensino. Além disso, é necessário que o aluno tenha cadastro ativo no Sindicato das Empresas de Transporte Coletivo Urbano de Passageiros de Goiânia (Setransp).

PublicidadePublicidade

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.