Urban pede reajuste de R$ 3,81 na passagem, mas Roberto deve autorizar R$ 3,20

Contrato prevê reajuste anual, mas prefeito considerou o pedido de 27% da Urban como "extremamente abusivo" e vai conceder 6%

Danilo Boaventura -

Deve ser entregue ainda nesta terça-feira (31) à Urban o estudo feito pela Prefeitura de Anápolis para instruir a decisão do Executivo Municipal a cerca do reajuste da tarifa do transporte coletivo na cidade.

Em julho, a concessionária havia pedido um reajuste de 27%, elevando o preço cobrado pela passagem dos atuais R$ 3,00 para R$ 3,81. Além das correções previstas em contrato, como aumento de gastos com combustível e pessoal, a empresa também alegou trabalhar no prejuízo. Relembre.

Porém, conforme o prefeito Roberto Naves (PTB) antecipou em coletiva de imprensa, a Prefeitura acha um reajuste como esse “extremamente abusivo” e será autorizado um incremento de 20 centavos, que pode ser cobrado pela Urban já a partir do próximo domingo (05).

“Diferentemente dos 27% pedido, esse aumento deve ficar em torno de 6%. O ideal é que não tivéssemos reajuste, mas o contrato prevê que deva existir o reajuste e os cálculos [da Prefeitura] indicaram que o reajuste correto é este”, disse.

PublicidadePublicidade

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.