PublicidadePublicidade

Prefeitura economizou quase R$ 4 milhões com redução de casos de dengue

Enquanto em 2016 foram confirmados 10.574 casos da doença na cidade, neste ano esse número caiu para apenas 1.084

Rafaella Soares -

O último levantamento feito pelo Sistema de Informação de Agravos de Notificação (Sinan), do Governo Federal, mostrou que os casos de dengue caíram 90% em Anápolis neste ano. A queda no índice, entretanto, também se mostrou eficiente para o cofre público da cidade.

Em reunião realizada nesta terça-feira (07) entre a Prefeitura, igrejas e entidades da sociedade civil organizadas, a gerente do Controle de Doenças Transmitidas por Vetores da Secretaria Municipal de Saúde (Semusa), Érica Dias, apresentou dados mostrando que a queda nos casos de dengue gerou uma economia de R$ 3,6 milhões.

Segundo a gerente, apenas uma pessoa com suspeita de dengue gera um custo mínimo de R$ 120. Enquanto em 2016 foram confirmados 10.574 casos da doença na cidade, neste ano esse número caiu para apenas 1.084.

PublicidadePublicidade

Período Chuvoso

Como novembro chegou trazendo o período de chuvas em Anápolis, a Prefeitura, para impedir que surjam novos casos, decidiu intensificar a campanha “Sai Zika! Chega de Dengue”.

Uma nova reunião acontecerá com os líderes religiosos na quinta-feira (09). Na próxima terça-feira (14), às 08h30, ocorrerá a mobilização “Anápolis contra a dengue”, no Teatro Municipal.

Cuidados

Ainda conforme o levantamento apresentado pela gerência de Controle de Doenças Transmitidas por Vetores da Semusa, 85% dos focos do Aedes Aegypti foram encontrados nas próprias residências.

Para evitar a proliferação do mosquito é necessário estar sempre atento para não deixar água parada, como em vasos de plantas, calhas e caixas d’água.

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.