PublicidadePublicidade

Ex-chefe em presídio de Anápolis é morto a tiros em frente a cemitério

Outro homem que estava com ele, possivelmente o irmão, foi baleado na perna e socorrido pelo Samu

Da Redação Da Redação -

O ex-chefe da segurança do Centro de Inserção Social Monsenhor Luiz Ilc, Ednaldo Monteiro, foi assassinado a tiros no final da tarde desta terça-feira (02), em frente ao Cemitério São Miguel, no Centro de Anápolis.

Ednaldo recebeu vários tiros na cabeça a partir de um revólver 9mm após sair de uma floricultura. Outro homem que estava com ele, possivelmente o irmão, foi baleado na perna e socorrido pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu).

Imagens do circuito de câmeras de segurança registraram o ocorrido e serão utilizadas pela investigação.

PublicidadePublicidade

https://www.instagram.com/p/BddljfjnB1M/?taken-by=portal.6

Essa é a segunda morte de um servidor da área de segurança pública na cidade. Pela manhã, o agente prisional temporário Eduardo Barbosa dos Santos foi assassinado na porta de casa com 30 tiros após sair do plantão.

Em tempo

Ednaldo Monteiro, ex-chefe de segurança do presídio de Anápolis. (Foto: Reprodução)

Ednaldo estava afastado de suas funções no presídio de Anápolis devido a Operação Regalia, deflagrada no último 21 de novembro. Ele e o então diretor da unidade Fábio de Oliveira são acusados pelo Ministério Público do Goiás por cobrar propina de presos e, em troca, deixarem os detentos saírem para festas, traficarem drogas e até manterem um motel dentro da cadeia. Relembre.

No início de dezembro ambos receberam autorização da Justiça para responderem o processo em prisão domiciliar com tornozeleira eletrônica.

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.

PublicidadePublicidade