Portal 6

Ainda na UTI, Vilma Rodrigues está precisando de doação de plaquetas

Devido a urgência, doadores podem ter qualquer tipo sanguíneo

A vereadora Vilma Rodrigues (PSC) permanece em estado grave, no Hospital Araújo Jorge, em Goiânia. Para se recuperar ela precisa receber doações de plaquetas.

Filho da parlamentar, o delegado Manoel Vanderic disse ao Portal 6 que só pode ajudá-la aqueles que já fizeram doação nos últimos seis meses e que estejam com um documento de comprovação em mãos.

“Plaqueta é diferente de doar sangue e tem que ter sorologia especifica. Quem não doou plaquetas nos últimos seis meses não consegue chegar a tempo para ela pois o resultado demora um mês para ficar pronto. Já no caso de quem doou e tem os documentos, as plaquetas já chegam nela em um dia e meio”, explicou.

Segundo Manoel Vanderic, inicialmente, ela só poderia receber doações de pessoas com tipo sanguíneo “O negativo”, mas, devido a urgência, pessoas com qualquer tipo sanguíneo poderão ajudar.

Para fazer a doação é necessário se deslocar até o Hospital Araújo Jorge, que fica na Rua 239, no Setor Universitário, na capital, e dizer que as plaquetas deverão ser destinadas à Vilma Rodrigues, da UTI.

Em tempo

Personalidade política carismática em Anápolis, Vilma Rodrigues passou por um procedimento cirúrgico no mês de janeiro. A expectativa dos médicos é que ela tivesse alta em poucos dias.

No entanto, uma complicação alterou o quadro clínico da parlamentar e os médicos preferiram induzi-lá ao coma para uma recuperação mais segura.

Além das doações de plaquetas, necessárias para a sobrevivência da mãe, Manoel Vanderic também diz que orações são bem-vindas.

“Em Anápolis, a maioria das pessoas gostam de verdade da minha mãe e eu tenho certeza que a oração de todos vai ajudá-la a melhorar mais rápido”, disse.

Quer comentar?

Comentários

Nosso Facebook

Nosso Twitter