Jovem que gerou prisões em efeito dominó é encontrado morto na cela

Investigação para esclarecer a estranha morte de Pablo pode dar trabalho, já que nenhum vestígio de violência foi detectado no corpo do jovem

Da Redação -

Acionado no final da noite desta terça-feira (04), o Serviço Ambulatorial Móvel de Urgência (SAMU) confirmou a morte de Pablo Mikael Freitas Elesbão, de 20 anos.

O jovem, que estava na cela 06 do pavilhão C do Centro de Inserção Social Monsenhor Luiz Ilc, havia sido preso horas antes em um cerco policial na BR-153 quando tentava fugir com um caminhão roubado.

A prisão de Pablo gerou outras sete na cidade. Ele fazia parte de uma associação criminosa que roubava veículos e mantinha um intenso tráfico de drogas na região dos motéis do bairro Calixtolândia.

Reportagem especial do Portal 6 mostrou com detalhes a ação policial que desembocou na prisão de traficantes e donas de motel, além do resgate de um caminhoneiro mantido amarrado nas mediações da Vila São Vicente, no extremo Sul de Anápolis.

Mistério

A investigação para esclarecer a estranha morte de Pablo pode dar trabalho. Nenhum vestígio de violência foi detectado no corpo do jovem pelos socorristas do SAMU.

Em nota enviado ao Portal 6, a Diretoria-Geral de Administração Penitenciária (DGAP) informou a direção da unidade abriu procedimento administrativo para apurar os fatos e o caso foi registrado na Polícia Civil para as investigações.

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.