Polícia Civil deflagra mega operação em Anápolis com 25 mandados de prisão

Um total de oito delegados e 42 agentes e escrivães foram mobilizados para a força-tarefa

Da Redação -

Desde às 06h desta sexta-feira (28) a Polícia Civil cumpre 25 mandados de prisão e sete de busca e apreensão em Anápolis na Operação Tártaro, deflagrada pelo Grupo Especial de Repressão a Narcóticos (Genarc) e do Grupo Especial de Repressão a Crimes Contra o Patrimônio (Gepatri).

Segundo a delegada Aline Vilela, titular da 3ª Delegacia Regional de Anápolis, um total de oito delegados e 42 agentes e escrivães estão envolvidos na operação.

“Com essa operação, vamos tirar do convívio da sociedade pessoas que cometeram ou que possam a vir cometer crimes e, com isso, dar mais tranquilidade à sociedade”, destaca.

(Foto: Divulgação/ Polícia Civil)

A Polícia Civil deve fazer um balanço da Operação Tártaro ainda nesta sexta-feira (28).

Em tempo

O nome escolhido para a operação faz referência à mitologia grega, em que Tártaro representa a personificação do Mundo Inferior. Nele são encontradas as cavernas mais profundas e os cantos mais obscuros do reino de Hades, o mundo dos mortos, para onde todos os inimigos do Olimpo são enviados e onde são castigados por seus crimes.

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.