Agora é possível fazer exames laboratoriais gratuitos em três unidades de Anápolis

Total de serviços ofertados chega a 39 e previsão é que novos postos de coleta sejam implantados em todas as regiões da cidade

Denilson Boaventura -

Mais um passo foi dado na reestruturação da rede pública municipal de saúde em Anápolis.

A partir desta quarta-feira (07) entram em funcionamento na cidade três postos de coleta de exames ambulatoriais, instalados no Hospital Municipal Jamel Cecílio e nas unidades de saúde Abadia Lopes da Fonseca e Parque Iracema.

Segundo a Secretaria Municipal de Saúde (Semusa), é estimado, a princípio, um aumento de 200 análises clínicas por semana, média de 40 por dia.

“Esses exames eram realizados apenas na urgência e emergência e agora passam a ser feitos nos postos, de forma descentralizada. Uma ação inédita em Anápolis”, ressalta o prefeito Roberto Naves (PTB).

Ao todo serão ofertados um total de 39 exames laboratoriais como hemograma completo, colesterol, ácido úrico, glicose, triglicérides, plaquetas e tempo de coagulação.

Nas unidades Abadia Lopes e Iracema o horário previsto de coleta será das 07h às 11h. Já no Hospital Municipal, onde fica o laboratório de análises, haverá atendimentos das 07h às 17h para agendamento e depois os trabalhos seguem em regime de plantão para as urgências e emergências, assim como acontece na UPA da Vila Esperança.

O projeto de reestruturação prevê cobrir todas as regiões de Anápolis com o serviço. As próximas unidades definidas para receber o trabalho de coleta são as da Vila União, Bairro de Lourdes e Recanto do Sol.

“Finalizando a implantação no Hospital Municipal, no Iracema no e Abadia, vamos iniciar a implantação nessas outras unidades e, posteriormente, definir as que faltam”, destaca o gerente da rede laboratorial do município, Eduardo Lopes Ribeiro.

PublicidadePublicidade

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.