PublicidadePublicidade

Após espancar esposa e filho, homem retalha o próprio corpo no Centro de Anápolis

Arremessada contra o chão várias vezes, criança corre risco de morte e foi encaminhada para Goiânia

Da Redação Da Redação -
PublicidadePublicidade

A Polícia Militar foi acionada na tarde desta segunda-feira (03) para prestar atendimento a uma mulher e uma criança vítima de violência doméstica na Travessa Armando Sales, no Centro.

A situação, no entanto, tomou um rumo inesperado. Isso porque após desferir socos contra a esposa e jogar o filho de apenas cinco anos várias vezes contra o chão, em via pública, o agressor, de 30 anos, correu até em casa para tentar se matar.

Os policiais estavam nas proximidades e conseguiram chegar rapidamente no endereço, onde já encontraram o homem em estado de choque, com vários cortes de faca do peito e as mãos quase amputadas.

PublicidadePublicidade

“Nós mesmo fizemos os primeiros socorros e estancamos o sangramento. O local estava de difícil acesso para o Samu, então tomei a iniciativa de colocar ele em cima de uma coberta e levar para o Hospital de Urgências de Anápolis Dr. Henrique Santillo (HUANA). Pelo estado em que estava, se não tivéssemos o socorrido, teria morrido ali mesmo”, contou o tenente Maurício.

De acordo com o militar, apesar da agressão, a mulher não sofreu nenhum ferimento grave. Já a criança chegou a sofrer duas paradas cardíacas e teve de ser encaminhada em estado gravíssimo para o Hospital Estadual de Urgências de Goiânia Governador Otávio Lage de Siqueira (HUGOL), para ser atendida.

A reportagem do Portal 6 está em contato com o HUANA e HUGOL para saber o estado clínico do pai e da criança.

Mais informações a qualquer momento.

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.

PublicidadePublicidade