PublicidadePublicidade

Como PM resgatou mulher espancada e bebê com fome e frio em Anápolis

Caso envolveu até ponto de ônibus e terminou em prisão

Da Redação Da Redação -

Um caso grave de violência doméstica foi descoberto em Anápolis na madrugada desta quinta-feira (06), enquanto policiais militares faziam patrulhamento pela Avenida Brasil Sul, no bairro Jamil Miguel.

Conforme a corporação, os agentes estavam passando em frente a um ponto de ônibus quando encontraram um casal com uma bebê, esperando pelo transporte público.

Chamou atenção, no entanto, que fazia muito frio no momento e a garotinha, de apenas seis meses, estava sem nenhum agasalho.

PublicidadePublicidade

A viatura então decidiu se aproximar e percebeu que a mulher estava cheia de hematomas pelo corpo.  No colo da mãe, a bebê chorava de fome e também tinha uma série de machucados.

Foi realizada uma abordagem e imediatamente os policiais deram voz de prisão ao homem. Ele foi encaminhado à Central de Flagrantes, autuado na Lei Maria da Penha e está à disposição da Justiça. A identidade dele não foi revelada para preservação das vítimas.

Já a mulher foi levada para fazer exame de corpo de delito e, segundo o 4º BPM, estava com tantas lesões que provocou até choro entre os profissionais que fizeram o atendimento.

No local, ficou comprovado que a vítima já sofria com as agressões há algum tempo, pois haviam marcas estão em processo de cicatrização.

O caso será investigado pela Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher (DEAM) e a Patrulha Maria da Penha foi acionada para acompanhar e garantir a segurança de mãe e filha.

PublicidadePublicidade

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.

PublicidadePublicidade