PublicidadePublicidade

Decisões erradas deixam Yahoo! fora do mapa

A gigante empresa de contas de email, notícias e serviços de Internet, Yahoo! enfrenta a possibilidade de extinção devido à más decisões empresariais que teve durante a última década.

Da Redação Da Redação -

Yahoo! sofre o maior vazamento de dados da história

O Yahoo! enfrenta o maior vazamento de dados da história, e pode estar perto de desaparecer, principalmente devido às más decisões dos líderes da empresa. Esse incidente foi relatado em setembro de 2016 e, como mostra o site O Globo, o vazamento de dados atingiu 500 milhões de usuários dos serviços da empresa.

]Entre as informações roubadas estariam nomes de usuários, números de telefone, questões de segurança e até mesmo datas de nascimento. De acordo com os dados compartilhados pelo Yahoo! em 2016, quando notificou seus usuários sobre o vazamento, esse ataque teria ocorrido dois anos antes de ter sido comunicado, ou seja, no final de 2014.

PublicidadePublicidade

Como responsável pelas ações, a empresa apontou para um grupo de hackers apoiado por uma organização estatal. No entanto, a empresa não notificou o que aconteceu anteriormente devido ao fato de estar em processo de venda, a ser adquirida pela gigante de telecomunicações Verizon, para uma oferta inicial de US$ 4,8 bilhões.

Deve-se notar que esta não foi a primeira vez que o Yahoo! tomou decisões ruins ao fazer negócios, já que de acordo com um infográfico da Betway Casino, a empresa rejeitou uma oferta da Microsoft de compra de seus serviços por US$ 45 bilhões em 2008. Caso tivesse aceitado a oferta da Microsoft, o Yahoo! teria recebido quase dez vezes mais do que a Verizon ofereceu em 2016, além do fato de que a reestruturação da empresa deveria ter evitado as falhas de segurança que causaram esse vazamento de dados.

Após esse vazamento anunciado em 2016, especialistas em segurança digital de todo o mundo, aconselharam os internautas a escolherem bem seus prestadores de serviços, para que possam cumprir as mais rigorosas normas internacionais.

Entre eles, o portal de notícias alemão DW informou o que fazer após este vazamento de dados, comentando aos seus leitores que não foi confirmado quem foi o autor deste roubo, se alguém dentro do Yahoo! ou não.

Yahoo! já tinha problemas anteriormente

Em março de 2015, e defendendo a pesquisa para realinhar recursos e impulsionar a inovação em seus negócios, o Yahoo! anunciou o fechamento de suas operações na China. Este fato causou a demissão de cerca de 350 funcionários que trabalhavam no centro de pesquisa e desenvolvimento do Yahoo! naquele país.

A escolha de fechar essa área de operações, foi também apontada porque aos serviços de Yahoo! não eram oferecidos na China. Após esse fechamento de operações, e de informar seus usuários fora do tempo sobre o vazamento de dados acontecido em 2014, Yahoo! recebeu uma multa de US$ 35 milhões, segundo o site de tecnologia do UOL.

Durante o período de perseguição judicial para Yahoo! Verizon concluiu a compra da plataforma de serviços de Internet, reduzindo US$ 350 milhões para o que foi originalmente oferecido por ela. Além disso, renomeou a empresa como Altaba.

Por sua parte, a Verizon se juntou à empresa de comunicações AOL, para formar uma nova entidade chamada Oath, que possui várias empresas, incluindo o que resta do Yahoo! Finalmente, durante as investigações conduzidas por Oath e pela justiça dos EUA, descobriu-se que Yahoo! já tinha sofrido um ataque de hackers antes do acontecido em 2016, e foi ainda pior, já que teria vazado informações do total de 3 bilhões de contas que existem nessa plataforma web.

Segundo o site da Forbes, Yahoo! encerrou os casos relacionados ao vazamento de dados neste 2018, depois de pagar um total de US$ 47 milhões no processo judicial. Com esse arranjo econômico, a Altaba (ex-Yahoo!) espera que seus usuários continuem usando sua plataforma de serviços web.

O Google ultrapassou o Yahoo! há tempos

Ao contrário do Yahoo! desde a sua criação e lançamento ao público em 1998, o Google permaneceu na preferência dos internautas, devido à clareza de seus serviços de pesquisa, email, e navegação web, além da facilidade da limpeza do histórico de navegação no Google Chrome e as constantes melhorias na segurança que essa empresa oferece.

Além disso, ao longo dos anos, representantes do Google tem se reunido com desenvolvedores e empreendedores para encontrar áreas de oportunidade e juntar esforços para melhorar seus serviços. Ações como essas, contribuem para deixar o Yahoo! fora do mapa cibernético recentemente. Através de sua história, e apesar de ter sido criado apenas quatro anos antes do Goggle, o Yahoo! tem se valido de más decisões nos negócios, que o colocaram no lugar onde está atualmente.

Agora que está mais perto de seu desaparecimento do que nunca, a reestruturação do Yahoo! para convertê-lo em Altaba deve usar todos os recursos que estão ao seu alcance para permanecer no negócio, e não perder os 3 bilhões de usuários que já colocou em risco durante seus 24 anos de existência.

PublicidadePublicidade

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.

PublicidadePublicidade