Portal 6

Por ignorância, foragido da Justiça matou cadela e cinco filhotes em Goianápolis

Conforme o Ministério da Saúde, a doença está erradicada no estado de Goiás há vários anos

Mais um fato chocante ocorreu na pequena e pacata Goianápolis, a 25 km de Anápolis.

Por volta das 18h20 desta quarta-feira (26), policiais do 24ºBPM se deslocaram até à zona rural do município após o recebimento de uma denúncia dando conta de que o morador havia matado uma cadela e seus cinco filhotes.

No local, os militares foram recebidos por Adair da Silva, que confirmou a crueldade e mostrou até o porrete usado na ação.

Como justificativa, o autor disse aos militares que a cachorra aparentava estar contaminada com o vírus da raiva e já havia mordido a cria.

Ao averiguarem os antecedentes criminais de Adair, a Polícia Militar descobriu um mandado de prisão em aberto contra ele pelo crime de homicídio.

Detido imediatamente, o homem foi encaminhado a Senador Canedo, de onde partiu o ordenamento judicial.

Ignorância

Conforme o Ministério da Saúde, essa doença está erradicada no estado de Goiás há vários anos e a mera suspeita deveria ser confirmada por um profissional.

“Quando a gente desconfia de raiva, tem que notificar o governo da possibilidade, por meio do Centro de Zoonose mais próximo. É uma notificação obrigatória para evitar a disseminação da doença, pois se as pessoas adquirirem o vírus por meio da mordida, o risco de morte é altíssimo. Por isso, a melhor prevenção é a vacina”, lembra a médica veterinária Renata Rodrigues.

Quer comentar?

Comentários

Nosso Twitter

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.