Pai teria aproveitado viagem da esposa para embebedar e estuprar filha

Como apenas o embebedamento foi comprovado, ele pagou fiança e foi liberado

Da Redação -
Atualizada às 13h40 com mais informações

Um caso chocante, ocorrido no Parque dos Pirineus, bairro da região Norte de Anápolis, foi registrado na Polícia Civil nesta quinta-feira (24).

Após voltar de viagem, uma mãe se deparou com a seguinte situação: soube, através de um vizinho, que seu marido teria aproveitado a ausência dela e embebedado a filha, de apenas 15 anos, para estuprá-la durante a madrugada.

A adolescente teria sido vista na rua, embriagada, e se recusado voltar para casa temendo ser novamente abusada.

Acionada, a Polícia Militar levou os três para a Central de Flagrantes, no Centro.

Em depoimento, a garota contou ainda que esse não teria sido o primeiro abuso sexual sofrido pelo próprio pai.

Segundo a assessoria de comunicação da 3º DGPC, como apenas o embebedamento pôde ser comprovado, “o delegado plantonista entendeu que não havia elementos suficientes para efetuar a prisão de Fábio pelo crime de estupro, devendo este crime ser apurado pela DPCA (Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente).

Fábio Mendonça Martins, que tem 35 anos, pagou fiança de R$ 600 e foi liberado.

________________________________________________________

Nota da Redação

A notícia foi atualizada com mais informações. Importante ressaltar que não houve e nem há equívoco algum na matéria. No jornalismo quando há uma acusação, que gera uma investigação, se usa sempre o verbo no futuro do indicativo. Por isso, foi noticiado por nós que o referido pai “teria estuprado” (no campo da possibilidade), já que a esposa e filha o acusam, cabendo agora à Polícia Civil investigar a situação. Mais importante ainda é ressaltar que para a Legislação (Lei nº 12.015)  estupro é qualquer ato libidinoso contra a vítima. Ou seja, ainda que não tenha havido conjunção carnal, basta que qualquer ‘bulinar’ ocorra e isso já é configurado estupro, com o rigor que a lei impõe sobre esse tipo de conduta reprovável.
 
A Polícia Civil conseguiu de pronto, por meio dos depoimentos colhidos, comprovar que o pai embebedou a filha, que tem apenas 15 anos. E isso diz muito

PublicidadePublicidade

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.