PublicidadePublicidade

Mãe de trigêmeas e desempregada, vigilante de Anápolis devolveu mais de R$ 2 bi à Caixa

"A gerente só me disse que foi um erro", lamenta ela, que também procurou a Polícia Federal

Danilo Boaventura -

A rua onde fica a casa de Luizimar Silva Triers, de 35 anos, está sendo asfaltada. Moradora do Residencial Shangrilá, na região Leste de Anápolis, em 11 de abril deste ano ela passou por uma experiência impossível de esquecer.

Frequentemente, ela acessa o aplicativo da Caixa Econômica para acompanhar as movimentações na conta. E foi num sábado, logo após voltar da padaria,  que Luizimar percebeu que um total de R$ 2.289.000.000,00 haviam aparecido do nada na conta dela.

“Foi como ganhar na loteria duas vezes”, lembra. Há um ano ela deu a luz às trigêmeas, precisou deixar o emprego de vigilante e nunca mais conseguiu trabalho.

PublicidadePublicidade

Quanto ao “segundo prêmio”, ela não teve dúvidas sobre que atitude tomar. Na segunda-feira, assim que abriu a agência Mozart Soares, na Vila Jussara, lá estava Luizimar pronta para devolver o dinheiro.

“Em momento algum pensei em ficar com algo que não fosse meu. Faria isso nunca”, afirma.

“Imediatamente me levaram na gerente, que pediu para eu não fazer mais nada com o cartão e disse que o valor logo sairia da minha conta. Por volta de 16h ou 17h já tinham retirado mesmo”, contou à reportagem do Portal 6.

Cuidadosa, a Luizimar percebeu que o dinheiro havia saído da conta, mas no extrato ainda consta que os bilhões passaram por lá. Por esse motivo, ela não pensou duas vezes e procurou a Polícia Federal. Seu medo é que em algum momento essa experiência deixe de ser um susto e passe a se tornar uma dor de cabeça, sobretudo com a Receita Federal.

“Eu não teria como pagar um imposto sobre esse valor. Nem vendendo uma das minhas filhas”, brinca.

Segundo Luizimar, no órgão todos a elogiaram orientando que, por segurança, ela procurasse novamente o banco para pedir uma declaração.

Intriga ainda o fato de que em nenhum momento alguma autoridade do banco explicou à desempregada porque tanto dinheiro apareceu na conta dela.

“A gerente só me disse que foi um erro”, lamenta.

O Portal 6 entrou em contato com a Caixa Econômica Federal e aguarda nota do banco para comentar o caso.

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.

PublicidadePublicidade