Portal 6

PM é chamada em briga de casal e caso tem reviravolta em Anápolis

(Foto: Reprodução)

Parecia ser simples de resolver, mas depoimentos mudaram todo o rumo da situação

A Polícia Militar se deslocou até o bairro São José, região Sudeste de Anápolis, nesta terça-feira (18), para atender um caso curioso de violência doméstica.

Quando chegaram no endereço, encontraram a vítima Gislaine Nunes de Oliveira, de 23 anos, que alegou que o companheiro, identificado como Joel Clemente Ribeiro, de 68 anos, havia a agredido e deixado com várias lesões.

Na Central de Flagrantes, o suspeito relatou que a namorada é usuária de drogas e o relacionamento teve início depois de resgatá-la da rua.

Segundo o homem, no último domingo (16), ela buscava por entorpecentes e, antes de sair de casa, discutiu com Joel e desferiu uma facada no braço dele. Quando voltou, nesta terça (18), ele a proibiu de entrar e foi atingido com pedradas. Joel também negou ter cometido qualquer agressão.

Já Gislaine declarou que os dois realmente tiveram uma discussão, mas que ela se refugiou na casa da mãe e foi agredida quando o procurou para se entenderem.

O casal tem um filho de um ano que está sendo criado por uma prima da mulher.

Através dos depoimentos, o delegado plantonista autuou os dois por lesão corporal e arbitrou uma fiança de R$1.500 para cada.

Joel pagou o valor estipulado e poderá responder pelo processo em liberdade. Gislaine não tinha dinheiro e foi levada para o Centro de Inserção Social Monsenhor Luis Ilc, a cadeia pública de Anápolis.

Quer comentar?

Comentários

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.