Portal 6

Saiba o que é preciso para pleitear uma bolsa do GraduAção em Anápolis

(Foto: Gislaine Matos/ DirCom)

Programa beneficiará 500 estudantes já neste segundo semestre de 2019

Sancionado nesta segunda-feira (1º) pelo prefeito Roberto Naves, o programa GraduAção virou lei em Anápolis.

Já neste segundo semestre de 2019, estudantes de toda a cidade terão ajuda da Administração Municipal para permanecerem e concluírem o ensino superior nas instituições da cidade.

De imediato, um total de 300 bolsas – sendo 100 integrais e 200 parciais – que podem variar de 60% a 80%, conforme rendimento do aluno, serão disponibilizadas pelo GraduAção.

O investimento inicial da Prefeitura de Anápolis é de R$ 250 mil, mas Roberto Naves revelou que intenção é aumentar gradualmente a quantidade de bolsas ofertadas.

O prefeito também fez questão de ressaltar que os recursos destinados aos beneficiários não são reembolsáveis, ou seja, não precisarão ser devolvidos depois.

“A contrapartida do estudante será feita com trabalho. Ele prestará serviços durante o curso em órgãos públicos, entidades e instituições previamente cadastradas, com carga horário compatível com os estudos e de acordo com a natureza da sua área de formação”, explicou Roberto.

Confira os requisitos para pleitear uma bolsa do GraduAção:

– Residir em Anápolis há no mínimo três anos;
– Ser pertencente a grupo familiar que possua renda bruta mensal de até seis salários mínimos e, possua, no máximo, um bem imóvel;
– Estar regularmente matriculado em curso de graduação autorizado e/ou reconhecido pelo MEC, em IES privada, devidamente credenciada no programa;
– Ter sido admitido no curso superior através de vestibular, desempenho no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), ou por meio de transferência;
– Não possuir diploma de graduação nem estar matriculado em outro curso de ensino superior;
– Não ter reprovação por nota ou frequência em mais de uma disciplina por semestre letivo;
– Não abandonar o curso ou dele desistir ou evadir-se ou mesmo trancar disciplina no semestre, ressalvado justo motivo, devidamente comprovado junto à coordenação do programa;
– Não receber qualquer auxílio ou benefício de outra fonte, pública ou privada, para o custeio de sua mensalidade ou anuidade, ressalvados os casos previstos em regulamento.

5% das vagas ofertadas no programa ficarão reservadas às pessoas com deficiência. Faculdades como Anhanguera, UniEVANGÉLICA, FAMA, Fibra, Católica e Senai, presentes no evento de lançamento, deverão estar entre a lista de instituições credenciadas. O regulamento do GraduAção está previsto para ser publicado nos próximos dias.

“Por ter acreditado na mudança, que nós seríamos capazes de transformar a cidade, o povo anapolino vai começar a colher o que plantou”, declarou o prefeito.

Roberto lança bolsa para universitários e endurece o tom contra oposição

Quer comentar?

Comentários




Nosso Twitter



Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.