Portal 6

Sem sedação, adolescente de Anápolis internado no HUGOL consegue chorar

(Foto: Arquivo Pessoal)

Médicos estão otimistas e família dele continua pedindo orações

Ainda é delicado o estado de saúde de Victor Gabriel Basílio dos Santos, de 12 anos, que está internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Estadual de Urgências Governador Otávio Lage de Siqueira (HUGOL), em Goiânia, desde o último dia 30 de junho.

Ao Portal 6, a mãe, Jéssica Rayane, contou que os médicos já tiraram completamente a sedação do adolescente, mas ainda não foi possível tirar a respiração mecânica e ele tem tomado doses fracas de remédio para não ficar tão agitado.

“Quando salvaram ele colocaram um tubo [de respiração] muito grosso e a garganta inchou. Ontem tentaram tirar mas, mesmo o Victor respirando bem, ainda tem muita secreção que provoca falta de ar. Ele está muito agitado desde ontem e estão dando um remedinho para ficar calmo e não ficar tossindo. Amanhã vão tentar fazer uma nova desintubação e se Deus quiser vai dar certo”, explicou.

Conforme Jéssica, mesmo sem a sedação, o filho ainda não acordou e, por isso, há um risco de sequelas. No entanto, Victor já demonstra sinais de consciência, pois teve uma crise de choro durante a tarde desta quinta-feira (18).

“Os médicos falaram que ele pode estar recobrando a consciência e que a coordenação motora está indo bem. Nosso Deus é grande e não vai deixa ele com sequela nenhuma. Cada dia é uma vitória”, disse.

Em tempo

Morador de Anápolis, o adolescente sofreu um acidente grave enquanto estava reunido com a família, em uma chácara da cidade, comemorando o aniversário da mãe.

“Nas redondezas da casa tinha um fio que ia do chão até o teto e ele disse para os amiguinhos que ia brincar de tirolesa. Não sabia que tinha energia e levou choque. Os meninos começaram a gritar, fizemos massagem cardíaca, peguei meu filho desacordado nos braços e levamos para o Hospital de Urgências de Anápolis (HUANA)”, contou ela.

A equipe médica do HUANA teve de reanimá-lo por aproximadamente 20 minutos e, assim que foi estabilizado, o encaminharam para o HUGOL, que é referência em atendimento pediátrico.

Desde então, familiares e amigos de Victor Gabriel iniciaram uma campanha pelas redes sociais, pedindo que a população de Anápolis ore bastante, de forma que ele “volte a ser o mesmo garoto alegre de sempre”.

Formada corrente de oração pela vida de adolescente internado no HUGOL

Quer comentar?

Comentários

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.