PublicidadePublicidade

Bêbada cai da moto, xinga policial e passado criminoso vem à tona

Veículo que ela dirigia foi encaminhado ao Centro Pátio e a CNH apreendida

Da Redação -

Alessandra Mendes da Cunha, de 36 anos, retornou para detrás das grades do Centro de Inserção Social Monsenhor Luiz Ilc, a cadeia pública de Anápolis.

Na noite de segunda-feira (05), ela precisou novamente ser detida pela Polícia Militar (PM) após cair da própria motocicleta no Bairro Boa Vista, próximo ao Centro de Treinamento do Anápolis Futebol Clube.

Visivelmente bêbada, Alessandra não só surtou e resistiu a voz de prisão, como ainda chutou a viatura e ofendeu uma soldado que atendia a ocorrência.

Dentre os xingamentos por utilizados ela para se referir à policial militar que tentava acalmá-la, estavam “desgraçada” “bostinha” e “vagabunda”.

O teste de alcoolemia realizado pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) confirmou que Alessandra dirigia embrigada. Sua Honda CG 160 foi encaminhada ao Centro Pátio e sua Carteira Nacional de Habilitação (CNH) apreendida.

Com antecedentes pelos crimes de injúria, desacato, ameaça e resistência, não coube fiança e restou ao pai dela somente ir até a delegacia para buscar os pertences pessoais da filha.

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.

PublicidadePublicidade