PublicidadePublicidade

Motorista de Anápolis que matou farmacêutico não trabalhava em faculdade

Instituição publicou nota a respeito do assunto. "Nossos sentimentos à família da vítima", lamentou

Da Redação -

Pelo Instagram, a Faculdade Metropolitana de Anápolis (FAMA) negou que Milton Rodrigues dos Santos, de 54 anos, pertença a seu quadro de funcionários.

“Informamos que este senhor não tem qualquer vínculo com a Faculdade FAMA”, publicou a instituição, sediada na Vila Jaiara, pelo stories.

“Ele usa a camiseta antiga da campanha de vestibular, possivelmente doada por um colaborador”, esclareceu.

PublicidadePublicidade

A nota da instituição foi motivada em razão de uma imagem do homem vestindo a peça de roupa enquanto realizava o exame do bafômetro.

Preso pela Polícia Civil (PC), ele provocou um grave acidente durante à tarde desta quinta-feira (05) por estar em alta velocidade e na contramão.

O caso ocorreu na Avenida Brasil, em frente à Prefeitura de Anápolis, e o farmacêutico Murilo Pedatella, de 28 anos, que estava em um patinete morreu na hora.

“Nossos sentimentos à família da vítima”, finalizou nota da Faculdade FAMA na rede social.

(Reprodução/Instagram)

https://portal6.com.br/2019/09/05/medicos-alertaram-que-homem-deveria-tomar-cuidado-ao-dirigir-pelas-ruas-de-anapolis/

PublicidadePublicidade

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.

PublicidadePublicidade