PublicidadePublicidade

Motorista que matou jovem em Anápolis afirma já ter provocado outro acidente

Versão dele do passado, no entanto, não bate com as informações da Polícia Civil

Rafaella Soares -

Em estado de confusão, Milton Rodrigues dos Santos, de 54 anos, afirmou já ter se envolvido em outro acidente de trânsito antes do desta quinta-feira (05), que vitimou o jovem Murilo Pedatella, de 28 anos, e parou a Avenida Brasil Sul, em frente à Prefeitura de Anápolis.

Titular da Delegacia Especializada em Investigação de Crimes de Trânsito (DICT), Manoel Vanderic contou ao Portal 6 que o homem narrou ter batido o carro em um poste e, em consequência disso, recebido uma condenação da Justiça.

A reportagem, no entanto, confirmou junto a assessoria de comunicação da Polícia Civil de Goiás que Milton não tem nenhum antecedente criminal, sobretudo de trânsito. A versão dele será apurada pela DICT.

(Foto: Reprodução)

Segundo Vanderic, o homem defende ter feito uso de medicamentos fortes para controlarem a Epilepsia e alega não se lembrar de nada do que aconteceu. Ele foi acomodado no Centro de Inserção Social de Anápolis apenas nesta sexta-feira (06) e vai responder por homicídio culposo e lesão corporal grave.

“O código penal equipara o álcool à outras drogas ilícitas e medicamentos que provocam dependência ou esses efeitos psicológicos para aumento de pena e qualificação. A gente tem que discutir sobre o cuidado de motoristas que tomam remédios porque da mesma forma que podemos ser vítimas de crimes de trânsito, podemos ser autores. E Anápolis está caótico. Foram mais de 50 mortes apenas neste ano”, disse.

Em tempo

Conduzindo um Chevrolet Monza, Milton Rodrigues dos Santos descia pela Avenida Brasil Sul, sentido Centro, em alta velocidade e na contramão. Próximo da Prefeitura de Anápolis, ele invadiu a calçada, atropelou o farmacêutico e recém-casado Murilo Pedatella, que estava em um patinete, e depois atingiu um motociclista.

Murilo morreu antes mesmo da chegada do socorro. Já o piloto da motocicleta, identificado como Benedito Sanches Carvalho, de 51 anos, teve fraturas expostas e precisou ser encaminhado ao Hospital Estadual de Urgências de Anápolis (HUANA).

Milton chegou a ficar preso nas ferragens, mas por não ter se ferido gravemente, recebeu alta do Hospital Municipal Jamel Cecílio (HMJC) e foi levado diretamente para a DICT.

Teste de alcoolemia comprovou que ele não havia ingerido bebidas alcoólicas. O homem também passou por uma série de exames no Instituto Médico Legal (IML), porém os resultados ainda não foram divulgados.

https://portal6.com.br/2019/09/05/medicos-alertaram-que-homem-deveria-tomar-cuidado-ao-dirigir-pelas-ruas-de-anapolis/

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.

PublicidadePublicidade