Portal 6

Deboche de ladrão em Anápolis mostra que a bandidagem não tem limites

(Foto: Divulgação / 4º BPM)

Se condenado, ele pode pegar até quatro anos de prisão mais multa

Ele tem 31 anos, atende pelo nome de Edislei Pereira da Silva, mas prefere ser chamado de “Neném”.

Na manhã desta quarta-feira (09), ele foi hospedado no Centro de Inserção Social Monsenhor Luiz Ilc, a cadeia pública de Anápolis e por lá, espera-se que permaneça por um bom tempo.

Horas antes, Neném foi preso por policiais do 4º BPM em uma chácara na região do Distrito Agroindustrial de Anápolis (DAIA) por ter furtado a propriedade rural e deixado um rastro de destruição e prejuízo para o dono.

Consta nos registros policiais que ele estava no local desde 05 de outubro e usou todo esse tempo para arrombar armários, cortar a fiação elétrica e se apoderar de R$ 800 em espécie que estavam escondidos.

Sentindo-se ‘masterchef’, ele fez comida para si e, como não gostou do resultado, despejou toda a gororoba no piso e não se deu ao trabalho de limpar.

Quando o proprietário retornou à chácara, notou que algo estava errado e da porta acionou a Polícia Militar.

As viaturas cercaram o local e Neném, em vão, tentou fugir deixando para trás uma cavadeira manual, duas garrafas térmicas, maçarico, chaves de boca e fenda, alem de uma segueta.

Ele responderá por furto qualificado, cuja pena chega a quatro anos mais multa.

Quer comentar?

Comentários

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.