PublicidadePublicidade

Anunciada como garota de programa, moradora de Anápolis vive tormento

Além de telefone, perfil fake também estaria usando fotos da vítima em rede social

Da Redação -

Uma moradora de Anápolis, de 31 anos, procurou a Polícia Civil nesta quinta-feira (24) para narrar que está passando por uma série de constrangimentos.

Ela disse em depoimento que está recebendo ligações e mensagens telefonônicas solicitando serviços sexuais.

Tudo isso porque um perfil fake foi criado com fotos dela em uma rede social para anunciá-la como garota de programa, informando inclusive o mesmo número de contato que pertence à ela.

O 1º DP deve ficar responsável por investigar o caso, bem como quem agiu intencionalmente para causar essa dor de cabeça à mulher e também solicitar a exclusão do perfil.

Anápolis ainda não dispõe de nenhuma delegacia especializada em investigação de crimes virtuais.

PublicidadePublicidade

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.

PublicidadePublicidade