Portal 6

Mulher teve casa invadida em Anápolis e precisou agir rápido para não morrer

(Foto: Reprodução)

Caso aconteceu na região Sudoeste da cidade e ficará sob a responsabilidade da Polícia Civil

Moradora do Residencial Copacabana, região Sudoeste de Anápolis, uma mulher de 56 anos precisou pedir ajudar da Polícia Militar (PM) para não perder a própria vida no final desta terça-feira (12).

Consta nos registros policiais que o ex-companheiro, identificado como A. F. , de 46 anos, apareceu repentinamente na casa dela e insistiu para entrar.

Como a vítima se negou a abrir o portão, o homem teria pulado o muro e começado a esmurrar portas e janelas enquanto proferia xingamentos, palavrões e ameaças de morte.

“Eu vou te matar” e “De hoje você não passa” estão entre as palavras que ele escolheu para intimidar a mulher. A motivação seria ciúmes, pois A. F. acreditava que a ex estava se relacionando com outro homem.

Desesperada, a vítima acionou rapidamente a viatura e os agentes encontraram o agressor muito alterado. Ele precisou ser algemado e tinha várias lesões pelo corpo.

Questionado sobre o que havia acontecido para ficar tão machucado, afirmou que a ex ordenou que seis homens o atacassem na última semana.

O casal viveu junto por dois anos, mas já estava separado há algum tempo. Conforme a mulher, A. F. já possui um histórico de violência doméstica.

Na delegacia, ele foi autuado por injúria, ameaça e violação de domicílio.

Quer comentar?

Comentários

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.