PublicidadePublicidade

Radares eletrônicos já têm previsão para voltar a funcionar em Anápolis

Expectativa é que equipamentos aumentem de 211 para 323

Da Redação Da Redação -

A Companhia Municipal de Trânsito e Transporte (CMTT) começou nesta sexta-feira (29) uma nova etapa do processo licitatório que deverá renovar o sistema de fiscalização de trânsito em Anápolis.

É que a empresa habilitada na primeira e segunda fase da licitação, que não teve o nome revelado, iniciou uma prova, que consiste em instalar os equipamentos e avaliar se está em condições de prestar o serviço de forma satisfatória.

A expectativa é que a partir da próxima terça-feira (03) esses equipamentos comecem a funcionar em toda a Avenida Brasil. O teste terá durabilidade de 30 dias, com possibilidade de ser estendido.

Essa medida também servirá para que os motoristas se adaptem aos novos limites de velocidade na via sem levar multas.

Caso a empresa seja aprovada e assine o contrato, de duração de 12 meses e com possibilidade de prorrogação por mais 60, será dado um prazo de 40 dias para que as fiscalizações passem a valer na cidade.

A previsão é aumentar de 211 para 323 os equipamentos.

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.

PublicidadePublicidade