Portal 6

“O preparo de nossas forças policiais serve de inspiração para todo o país”, afirma Caiado

Mensagem foi publicado no Twitter em resposta a Helder Barbalho, governador do Pará

O suspeito de ser mandante de um triplo homicídio que aconteceu no último domingo (05) no Pará foi preso pela Polícia Civil (PC) de Goiás. A prisão aconteceu 48h após o crime e foi efetuada pelos policiais da Delegacia Estadual de Investigação de Homicídios de Goiás (DIH) e policiais do Grupo Tático 3 (GT3), com apoio dos membros da Força Nacional de Segurança Pública.

O indiciado, conhecido como “Nena”, foi preso no Setor Central, em Goiânia, e levado para a DIH. Durante o cumprimento do mandado de prisão preventiva, a polícia apreendeu com o suspeito uma arma de fogo. “Ele foi autuado em flagrante pelo delito de porte ilegal de arma de fogo de uso restrito, artigo 16 do Estatuto do Desarmamento, tratando-se de crime inafiançável e hediondo, uma vez que a pistola portada por ele estava com a numeração raspada”, esclarece o delegado titular da DIH Rilmo Braga.

Nena estava foragido do sistema penal paraense. Segundo investigações, ele também é suspeito de ser um dos líderes de uma grande facção criminosa e está sendo investigado de ter participação no planejamento para a execução de atentados contra agentes de Segurança Pública do Estado do Pará.

“Ele é suspeito de ser um dos líderes de uma das principais organizações criminosas do país e já vinha sendo monitorado por outras forças policiais. Agora, juntamente com essas forças policiais, vamos reunir todas as informações possíveis para que possamos obter o maior número de mandados de prisões temporárias em desfavor do suspeito”, garante o delegado.

De acordo com informações publicadas pelas forças de segurança do Pará, “Nena” também é acusado de ter participação na morte de duas pessoas ocorridas em abril de 2018, na Arena de Futebol, conhecida como “Campo do Chuveirinho”, no Bairro do Coqueiro, Região Metropolitana de Belém. Dentre as vítimas, havia um Sub-Tenente da Reserva da Polícia Militar do Estado do Pará.

Reconhecimento

O governador Ronaldo Caiado parabenizou a PC pelas redes sociais. “Nossa polícia agradece pelo reconhecimento, governador. Temos muito orgulho do trabalho deles. O preparo de nossas forças policiais serve de inspiração para todo o país. O criminoso preso é conselheiro do Comando Vermelho e um dos seus principais líderes”, disse, em resposta ao governador do Pará, Helder Barbalho, que usou as redes para agradecer o trabalho da polícia goiana.

“Informo a todos que em menos de 48h a força-tarefa dos órgãos de segurança do Estado prendeu o mandante do triplo homicídio ocorrido no último domingo (05), no bairro da Cabanagem. O suspeito foi preso em Goiânia. Agradeço o apoio da Polícia Civil de Goiás que nos ajudou na missão”, disse o paraense

Quer comentar?

Comentários




Nosso Twitter

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.