Portal 6

Jovem que forjou sequestro e tortura para arrancar dinheiro da família é desmascarada

Com o crime descoberto, segundo a Polícia Civil, ela pode ser condenada a até dez anos de reclusão

O 5º DP de Aparecida de Goiânia e a Delegacia de Guapó, coordenadas respectivamente pelos delegados Carlos Levergger e Arthur Fleury, elucidaram nesta quarta-feira (22) um caso grave de sequestro, tortura e extorsão, ocorrido em Aparecida, onde os familiares receberam vídeos da então vítima sendo torturada com tapas, murros, chutes e sessões de afogamento.

Nas imagens, os sequestradores exigiam valores em espécie para a liberação, caso contrário executariam a jovem. Em diligências imediatas e compartilhamento de informações, a vítima foi colocada em liberdade, na cidade de Guapó.

Confrontada pelos investigadores, a mulher, que tem 26 anos, e trabalha como vendedora, assumiu ter simulado todos os fatos para receber dinheiro dos familiares.

Ela, que já tinha passagem por furto, foi autuada em flagrante por extorsão consumada e pode pegar  até dez anos de reclusão.

Devido às restrições da Lei de Abuso de Autoridade, que entrou em vigor no início de janeiro, o nome da jovem e as imagens não podem ser divulgadas pela Polícia Civil.

Quer comentar?

Comentários