Portal 6

Decreto de Roberto dispensa licitação e autoriza Saneago em Anápolis por mais 30 anos

(Foto: Renato Lopes)

Novo documento permitirá que a empresa pague uma espécie de indenização milionária ao município pelo rompimento do atual acordo

Atualizado às 16h31 com correção

A renovação do contrato de concessão e exploração dos serviços de água e esgoto pela Saneago em Anápolis, que venceria em 2023, foi antecipada pelo prefeito Roberto Naves (PP).

Publicado no Diário Oficial do Municipio na madrugada desta sexta-feira (21), o decreto do chefe do Executivo local dispensa a realização de licitação e concede mais 30 anos para a empresa estatal permanecer na cidade.

Roberto justificou o ato evocando a “necessidade imperiosa de promover celeridade aos serviços públicos essenciais municipais”.

O Portal 6 apurou que a cerimônia para a assinatura do novo contrato deve ocorrer na próxima quinta-feira (27), às 08h30, no Parque da Cidade.

Além do presidente da Saneago, Ricardo Soavinski, também são esperadas as presenças do governador de Goiás, Ronaldo Caiado (DEM), e de outras autoridades como deputados estaduais e federais que apoiam a iniciativa.

Investimentos

Desde meados de 2019, a atual gestão da Saneago pressionava pela renovação do contrato com a Prefeitura de Anápolis com a promessa de investir cerca de R$ 598 milhões na cidade nas próximas três décadas.

Indenização

O novo documento permitirá que a Saneago pague uma espécie de indenização milionária ao município pelo rompimento do atual acordo com a estatal, que deverá ser pago em parcelas ao longo de 2020.

Quer comentar?

Comentários






Nosso Twitter

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.