Portal 6

Em videoconferência, Dória diz a Bolsonaro que ele deve dar exemplo contra o coronavírus

Cobrança contundente do governador de São Paulo ocorre um dia após o pronunciamento de Bolsonaro à Nação

Uma vídeoconferência sobre o novo coronavírus realizada na manhã desta quarta-feira (25) entre o presidente da República, Jair Bolsonaro (sem partido), e os mandatários estaduais da região Sudeste, acabou resultando em ataques frontais entre Bolsonaro e João Dória (PSDB), governador de São Paulo.

Tudo começou quando o presidente passou a palavra para o tucano, que após cumprimentar ministros e colegas que participavam da transmissão, disse a Bolsonaro as seguintes palavras.

“Eu inicio [minha fala] na condição de cidadão brasileiro, e também de governador do estado de São Paulo, lamentando o seu pronunciamento ontem à noite à Nação. Nós estamos aqui, os quatro governadores do Sudeste, em respeito ao Brasil e também ao diálogo e ao entendimento. O senhor como presidente da República precisa dar o exemplo. Tem que ser o mandário do país para liderar o país e não para dividí-lo”, cobrou.

“Somos todos aqui republicanos, presidente. Somos quatro governadores de quatro partidos distintos. Não temos as mesmas opiniões e os mesmos pensamentos ideológicos, mas nós trabalhamos simultaneamente”, prosseguiu.

Em resposta, Bolsonaro ironicamente agradeceu as palavras de João Dória e disse que o governador paulista não tem “altura” para criticá-lo”.

“Desde o final das eleições de 2018 Vossa Excelência assumiu uma posição completamente diferente da que teve comigo”, afirmou. “Subiu à sua cabeça a possibilidade de ser presidente da República. Não tem responsabilidade. Não tem altura para criticar”, disse.

Assista ao vídeo na íntegra:

 

Quer comentar?

Comentários






Nosso Twitter

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.