Congestionamento na praça de pedágio tem um porquê, explica Triunfo Concebra

Concessionária também admitiu que esta não é a primeira vez que há registro de movimentação inesperada

Rafaella Soares -

Motoristas que precisaram sair ou voltar para Anápolis através da praça de pedágio de Goianápolis, na BR-060, tiveram de enfrentar filas nesta segunda-feira (11).

Foram muitas as mensagens que o Portal 6 recebeu sobre o problema e a Triunfo Concebra admitiu à reportagem ter registrado uma movimentação inesperada tanto hoje quanto na última sexta-feira (08).

Para resolver o imprevisto, a concessionária afirmou ter acionado todos os funcionários disponíveis, uma vez que os pertencentes aos grupos de risco, como gestantes e idosos, foram obrigatoriamente afastados por meio dos decretos governamentais de distanciamento social.

PublicidadePublicidade

A Triunfo assegurou ainda, como explica a nota a seguir, que está fazendo ajustes diários no quadro de colaboradores para atender a demanda.

A Triunfo Concebra informa que nas datas citadas, 08 e 11 de maio, houve movimentação inesperada de tráfego na praça de pedágio de Goianápolis. Imediatamente acionamos todo o efetivo de funcionários disponíveis para atendimento aos usuários.

Apontamos que os decretos estaduais definem uma série de medidas como ações contra a pandemia da COVID-19, colocando-nos na obrigatoriedade de afastar colaboradores do grupo de risco, gestantes e aqueles com idade superior a 60 anos, consequentemente, alterando o quantitativo normalmente empregado para condições normais de operação, concomitante à orientação de não aglomeração de funcionários em seus locais de trabalho e distanciamento social das pessoas que podem ficar em casa.

Por estas razões e também do volume não regular de usuários, temos feitos ajustes diários em nosso quadro para atender a demanda. Importante destacar que apesar das filas registradas, estas permaneceram todo o tempo dentro dos limites contratuais.

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.