PublicidadePublicidade

Criança que teve 63% do corpo queimado não resiste e morre em Anápolis

Ela e a família vieram de Manaus (AM) e contaram com a solidariedade de muitos moradores da cidade

Da Redação Da Redação -

Familiares, amigos e apoiadores da corrente do bem criada para ajudar Marcella Souza Figliuolo Uchoa, de dez anos, usaram as redes sociais para lamentar a morte da criança nesta terça-feira (18).

Desde 22 de julho, Marcella estava internada no Hospital de Queimaduras de Anápolis após se acidentar em Manaus (AM) no dia 1º de julho.

A menina teve 63% corpo queimado por um fogo que se originou quando ela, inocentemente, manuseou um álcool líquido e fogo para tentar matar um carrapato.

PublicidadePublicidade

A família é de origem humilde e foi acolhida por uma ONG de Anápolis enquanto o tratamento era realizado na cidade. Muitas pessoas se engajaram numa vaquinha online e também doando sangue.

Jú Neves, uma das voluntárias, informou no Instagram que a família pediu privacidade neste momento difícil. “Por favor, orem por eles. Vá com Deus Marcella, sua luta foi digna e sua memória durará pra sempre”.

https://www.instagram.com/p/CEC7M0vHaV7/?igshid=xrrsle7959rl

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.

PublicidadePublicidade