PublicidadePublicidade

Por que não será possível responder se morador de rua em Anápolis morreu de frio

Laudo produzido pelo IML do município, no entanto, já está pronto

Caio Henrique Caio Henrique -

O mistério sobre a causa da morte do morador de rua de Anápolis que faleceu na Praça Bom Jesus, localizada na região Central da cidade, finalmente foi ‘solucionado’.

Isso porque fontes do Portal 6 dentro do Instituto Médico Legal (IML) informaram o resultado do laudo médico do homem, que teve uma conclusão inesperada.

Entenda

PublicidadePublicidade

No dia 05 de agosto, após uma madrugada muito fria no município, Valdeci Pereira Rodrigues, conhecido popularmente como ‘Barba’, foi encontrado morto.

O caso imediatamente levantou as suspeitas de morte por hipotermia, especialmente devido às baixas temperaturas registradas e as condições em que o homem vivia, dormindo atrás de uma das bancas comerciais da praça.

Na ocasião, a reportagem do Portal 6 apurou que uma médica acompanhou o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) até o local e foi a própria profissional quem constatou que o homem morreu de hipotermia.

Entretanto, não foi isso que ficou registrado no laudo médico referente ao caso.

A morte de Valdeci foi arquivada como “causa indeterminada”, já que o procedimento de prevenção para evitar a contaminação pelo novo coronavírus impede que os médicos legistas realizem autópsias – procedimento que permite a confirmação exata da causa do óbito – em casos do tipo.

Sendo assim, pode-se afirmar – oficialmente – que ele não morreu por hipotermia, mas os questionamentos e suposições sobre o triste caso ainda seguem em aberto.

PublicidadePublicidade

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.

PublicidadePublicidade